De quantas lágrimas são feitas a tua felicidade interna?

Por mais que você tente e você queira, sempre serás sozinho e sempre terás apenas você que queira te ver totalmente bem. É asfixiante depender de felicidade dos outros, e é ainda pior entregar a sua nas mãos de alguém, porque basta um tropeço e “era de vidro e se quebrou”.

A gente vai querer ser de alguém, sempre vai, só que a gente sempre vai, também, chorar por causa de alguém pelo próprio fato de ser dessa pessoa. Então eu te pergunto, mais uma vez, mais um dia, mais uma história, de quantas lágrimas são feitas a tua felicidade interna?

- Federico Devito.

por: Nicholas Sparks - The Notebook

- “Eu não sou nada especial, disso eu tenho certeza. Eu sou um homem comum com pensamentos comuns e eu levava uma vida comum. Não há monumentos dedicados a mim e o meu nome em breve será esquecido, mas eu amei outra com todo meu coração e alma, e para mim, isso sempre foi o suficiente.”

- “Yo no soy nada especial, de esto estoy seguro. Yo soy un hombre común con pensamientos comunes y me he llevado una vida común. No hay monumentos dedicados a mí y mi nombre pronto será olvidado, pero he amado a otro con todo mi corazón y alma, y para mí, esto siempre ha sido suficiente.”

por: Elie Wiesel

- “O oposto do amor não é o ódio, é a indiferença. O oposto de arte não é a feiúra, é a indiferença. O oposto da fé não é a heresia, é a indiferença. E o oposto da vida não é a morte, é a indiferença.”

- “Lo contrario del amor no es el odio, sino la indiferencia. Lo contrario del arte no es la fealdad, es la indiferencia. Lo contrario de la fe no es la herejía, es la indiferencia. Y lo contrario de la vida no es la muerte, sino la indiferencia.”